Search in:

Manipulação de Preços no Black Friday

A denúncia à ASAE e à Direção do Consumidor partiu por parte da DECO, que embora não concorde com muitos dos seus conteúdos, desta vez estou de acordo. Só tenho pena que não tivesse sido feito um aviso prévio aos consumidores, uma vez que esta prática é recorrente todos os anos.

Segundo a DECO, que recebeu várias queixas, os preços foram manipulados e “as lojas aumentaram o preço de cerca de 10% dos produtos analisados”.

Ainda segundo a DECO:

Esta manipulação de preços não se encontra generalizada, mas um em cada 20 produtos com descontos anunciados na Black Friday viola a Lei dos Saldos e das Promoções e a Lei das Práticas Comerciais Desleais – o consumidor acredita que está a comprar com um desconto real, quando, na verdade, não está.

Algumas das lojas visadas pela denúncia da DECO são a Radio Popular e a Worten.

Entretanto, a WORTEN, já veio desmentir, dizendo que “nem sequer participou no Black Friday!”

Assim vai o Mundo!

Fonte: Artigo DECO

 

TENHA UM NATAL RECHEADO



 

VOLKSWAGEN GOLF FAZ 40 ANOS

 

ESTE CARRO PODE SER SEU


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *